Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 13 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/07/2020
PMMC VACINAÇÃO
PMMC REALIZAÇOES JULHO

Uso da cloroquina vai ficar a critério médico, diz Secretaria de Saúde

OMS suspendeu os testes do medicamento. Em Suzano é utilizado

Por de Suzano26 MAI 2020 - 22h25
Uso da cloroquina vai depender do critério dos médicosFoto: Irineu Júnior/Secop Suzano
A Organização Mundial da Saúde (OMS) suspendeu os testes com a hidroxicloroquina, medicamento para malária, em pacientes com Covid-19 em razão de questões de segurança, informou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.
 
Em Suzano, a Secretaria de Saúde informa que o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina em pacientes da rede municipal de Saúde segue as orientações técnicas, ficando a critério do médico, conforme a avaliação de cada caso específico, a administração de tais medicamentos. “Portanto, na prática não houve alteração do que já era adotado anteriormente a esta nova posição. A Prefeitura não emitiu protocolo sobre o uso desta medicação na rede básica de Saúde”, informou nota da secretaria.
 
"É uma decisão do próprio médico, que está em contato direto com o paciente e sabe da necessidade ou não da substância. Os médicos brasileiros já conhecem bem esta medicação - não é um medicamento novo. Assim, ela pode ser usada apenas com indicação médica", esclarece o secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon.
 
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), em entrevista ao DS, na noite de segunda-feira, disse que vai seguir todas as recomendações das autoridades médicas sobre o uso do medicamente em Suzano. “Eles é quem vão dar orientação sobre o uso ou não”, afirmou.
 
Nesta semana, a coordenadoria da Câmara Técnica de Saúde do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) informou que o uso ou não do medicamento hidroxicloroquina cabe às Secretarias Municipais de Saúde, sendo que a premissa recomendada pelo consórcio desde o início do enfrentamento ao coronavírus é o acompanhamento dos protocolos vigentes.
 
A hidroxicoloroquina tem sido apontada pelo presidente Jair Bolsonaro, pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e por outros como um possível tratamento para a doença causada pelo novo coronavírus. O presidente norte-americano afirmou que estava tomando o medicamento para ajudar a prevenir a infecção.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias