Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Bairros receberão 110 km de fibra ótica e wi-fi

27 MAR 2015 - 08h01

 Poá vai implantar mais de 110 quilômetros de fibra ótica. O prazo prometido pela empresa contrata é de até 90 dias. A informação foi confirmada na manhã de ontem pelo o prefeito Marcos Borges (PPS), que inaugurou o primeiro ponto de wi-fi grátis da cidade. Oitocentos dispositivos poderão se conectar simultaneamente, na Praça da Bíblia, localizada na Avenida Nove de Julho.

Um "evento memorável para o município", disse o prefeito de Poá, ao fazer discurso inaugural no local. Inicialmente, estão previstos 141 pontos de internet, em prédios públicos, por meio da tecnologia de fibra ótica. Mas o número deve ultrapassar a marca de 198, de acordo com Borges.

A intenção do projeto é levar conectividade de graça para bairros mais afastados da região central. "Queremos levar para alguns bairros como Cidade Kemel, Nova Poá, Calmon Viana, Terminal de Ônibus, em toda a cidade", afirmou o prefeito. Além da Praça, outros pontos serão beneficiados como centro de eventos, escolas e hospital municipal.

O sistema de fibra ótica vai interligar todos os setores da Prefeitura em única central de comunicação via ramais, o que elimina a necessidade de ligações diretas via telefone e traz uma redução de mais de 30% nas contas mensais, é o que prevê a administração municipal. O valor total para a implantação do serviço não foi informado divulgado.

Wi-fi na Praça

De acordo com as informações da empresa que opera o serviço de conexão para o município, America Net, 800 pessoas poderão se conectar simultaneamente pelo wi-fi da Praça em uma velocidade fixa de 100 megabites - considerada rápida - além de downloads ilimitados e sem prejuízo aos demais usuários; envio fotos e vídeos de forma rápida e acesso às redes sociais.

"O maior benefício de se ter o wi-fi grátis é a possibilidade de acessar a internet para pesquisa de trabalhos", contou a universitária Lilian Celeste Serra, que participou do evento.

A ideia foi elogiada pelo público que acompanhou o discurso de Borges.

"Achei que foi uma ótima ideia porque vai afastar os jovens da criminalidade", contou a auxiliar administrativo Amanda Regina de Araújo.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias