Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv

Comissão de taxistas de Poá se reúne com Borges para fazer solicitações

11 AGO 2015 - 08h01
Uma comissão com coordenadores e subcoordenadores dos três pontos de táxi de Poá foi recebida na manhã de ontem pelo prefeito Marcos Borges (PPS). Também participaram do encontro os secretários municipais de Transportes, Rubens de Souza, e de Obras Públicas, Paulo Silas.

O tema principal do encontro foi referente às obras da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que executa a reforma da Estação de Poá e que, segundo os representantes da categoria, impedem o bom andamento do trabalho dos taxistas. Entre as questões apresentadas com as obras está o pequeno espaço para manobras dos veículos.

Com relação às obras da CPTM, o prefeito determinou que o secretário de Transportes entre em contato imediato com os responsáveis da CPTM para que sejam tomadas providências com referência à agilidade dos serviços.

Outros temas com relação ao trânsito da cidade também foram apresentados durante a reunião, como a situação da Rua Miguel Couto (Centro da cidade). Segundo os taxistas, a via, que passou a ser mão única para que os ônibus fizessem o seu percurso, não está mais sendo utilizada para este fim, já que o transporte coletivo está descendo a Rua 26 de Março. De acordo com os taxistas, a via está servindo para estacionamento de veículos e, com isto, deixou de ser mais uma opção aos motoristas.

Os taxistas ainda falaram sobre os semáforos da cidade. Borges concordou em alguns pontos e pediu ao secretário de Transportes para fazer estudos de reprogramação da rede semafórica.

Outro ponto importante, segundo os motoristas, é o tempo de permanência dos ônibus que fazem a linha municipal no ponto próximo à estação de trem. Conforme explicou o taxista Rivadávia Rodrigues Borges, coordenador do ponto 2, os ônibus chegam a ficar até meia hora esperando os usuários chegarem, isto acarreta em congestionamento nas avenidas Prefeito Francisco Corrêa Allen e Brasil.

Neste caso, o prefeito determinou que seja marcada uma reunião com a empresa Radial para repassar a informação e solicitar providências.

Para Borges, parte dos pedidos feitos pelos taxistas será atendida prontamente, e alguns precisarão de mais um tempo, já que exigem estudos. "Essas reuniões são necessárias, pois precisamos ouvir os representantes deste segmento tão importante para a sociedade", concluiu.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias