Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 05 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 05/12/2020
Ferraz

Ferraz fica em 1º na etapa estadual do Prêmio Brasil Sorridente 2015

18 AGO 2015 - 22h45
Ferraz de Vasconcelos ganhou o 1º lugar na etapa estadual do Prêmio Brasil Sorridente 2015 entre as cidades com 50 a 300 mil habitantes. A iniciativa tem como objetivo incentivar a realização de ações de saúde bucal voltadas à população. Por isso, contempla os municípios que se destacam na implantação de iniciativas bem-sucedidas na prática da Odontologia.

As vencedoras agora concorrerão na categoria nacional, com as cidades vencedoras dos outros Estados. Além disso, outros 50 municípios apresentaram projetos relevantes durante a premiação. As informações são do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp). Além do reconhecimento público, as prefeituras vencedoras a nível nacional serão premiadas gratuitamente com um consultório odontológico completo.

Por meio de cada Conselho Regional de Odontologia, três municípios foram escolhidos em três categorias. Na categoria pela qual Ferraz concorreu ainda apareceram São Sebastião (2º lugar), Caraguatatuba (3º lugar), Jacareí (4º lugar) e Araraquara (5º lugar). Ainda no Estado, no grupo com municípios de até 50 mil habitantes os vencedores foram Pederneiras (1º lugar), Mombuca (2º lugar), Severínia (3º lugar), Santo Antonio da Alegria (4º lugar) e Itajobi (5º lugar). Na faixa acima de 300 mil habitantes, as cidades vencedoras foram São Bernardo do Campo (1º lugar); Santo André (2º lugar); São José do Rio Preto (3º lugar); São Vicente (4º lugar) e Jundiaí (5º lugar).

Entre os critérios avaliados estiveram a contrapartida municipal no financiamento em saúde; a constituição legal de Conselho Municipal de Saúde com representante da saúde bucal; a proporção de cobertura de equipes de saúde bucal na atenção básica; e o desenvolvimento de ações de promoção e vigilância em saúde bucal. Criado pelos conselhos Federal e os regionais de Odontologia, o concurso foi inspirado no programa Brasil Sorridente, do governo federal. Entre 2003 e 2010 a iniciativa investiu aproximadamente R$ 3,5 bilhões em ações de atenção à saúde bucal. A implantação dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) e a ampliação das Equipes de Saúde Bucal (dentro da Estratégia Saúde da Família) estão entre os principais resultados do programa.

Foto: Will de Oliver / Secom Ferraz

 
 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias