Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Ossada é achada na divisa de Suzano com Ferraz

14 JUN 2015 - 08h01

A Polícia Militar (PM) encontrou ontem uma ossada, na Estrada da Servidão, divisa de Ferraz com Suzano. A Polícia Civil vai investigar de quem são os ossos, que estavam dentro de uma propriedade particular. Ao lado da ossada, foram encontradas peças de roupas, uma bolsa de moedas, uma garrafa com água, documentos de identificação, pertencente a idosa, L. A.S., de 66 anos, e uma carteira de saúde do município de Mauá. A idosa tinha necessidades especiais, segundo consta nos documentos.

Pela identificação, os policiais fizeram pesquisas para saber se havia queixa de desaparecimento, mas nada foi encontrado. Um dos documentos foi emitido em julho do ano passado.

De acordo com o caseiro, Lourival Costa de Lima, que mora há cinco anos no local com a esposa e a filha, os ossos foram encontrados por outro homem enquanto fazia o trabalho de capinação da vegetação, na quinta-feira. A Polícia foi comunicada no mesmo dia, mas somente na sexta-feira à tarde as viaturas chegaram até o local, que é de difícil acesso. Como já era tarde, os policiais não encontraram a ossada e voltaram ao local na manhã de ontem. A equipe do Instituto de Criminalística (IC) de Mogi das Cruzes esteve no local para colher amostras e fazer perícia.

Lima contou que não notou nenhuma movimentação diferente nos últimos dias. A ossada estava em um local mais afastado da casa, próxima a uma cerca de arame farpado. O esqueleto não estava completo. Apenas partes de ossos, que podem ser do braço e o crânio. Um dos ossos tem um implante cirúrgico. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) de Ferraz de Vasconcelos.

CADÁVER

Um corpo foi encontrado, na tarde de ontem, na Estrada do Bracaia, em Salesópolis. Um solicitante informou a Polícia Militar sobre a presença de um cadáver em um sítio. Quando chegou ao local, a PM encontrou ao lado do corpo um bloco de concreto ensanguentado, além de verificar que uma grande quantidade de sangue saía pela boca e pelo nariz da vítima. Aparentemente, o indivíduo trata-se de um andarilho. A perícia foi acionada ao local para apurar o fato.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias