Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sábado 25 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/11/2017
mrv

Poá realiza transplante de árvores

09 ABR 2015 - 08h01

O processo de transplante de árvores da Avenida Adutora para a Avenida José Luiz dos Santos, no bairro Nova Poá, e em demais pontos da cidade, foi concluído. O procedimento faz parte do projeto de melhorias e revitalização da principal via do bairro realizadas pelas secretarias municipais de Meio Ambiente/ Recursos Naturais e de Obras.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, José Edilson Marques Dias, e do engenheiro agrônomo da Pasta, Odair Pereira, a ação partiu de uma solicitação do prefeito Marcos Borges (PPS) para que as espécies plantadas de forma imprópria em áreas urbanas fossem readaptadas em áreas próximas à mata nativa e este transplante tem dois objetivos distintos. Um deles é que as espécies foram plantadas em local inadequado possuem raízes fasciculadas, já que elas se expandem muito próximo do nível do terreno e provocam danos nas calçadas; e o outro é o plantio destas árvores para contenção de base de rios e córregos da cidade.

Além da Avenida José Luiz dos Santos, estas árvores foram tranplantadas às márgens do Rio Guaió, próximo do residencial Village I. O engenheiro da Prefeitura ainda explicou que as árvores de outras espécies que existiam no local, como ipê, espartódea e pata-de-vaca, entre outras, receberam serviços de tratamento e poda.

"Na Avenida Adutora, na Nova Poá, por exemplo, foi feito o plantio de árvores frutíferas, como pitanga, minijambo e amora, e floríferas, como ipê amarelo, rosa, branco, acácias, manacá da serra e araucária. As árvores removidas foram da espécie ficus benjamina, que agora estão em locais que sejam mais úteis", explicou. "O trabalho na Avenida Adutora, inclusive, já está na reta final, com o plantio de grama da espécie São Carlos, que tem uma boa qualidade e desenvolvimento tanto no sol, quanto na chuva", completou o agrônomo, que destacou que durante todo este processo houve compreensão dos moradores do bairro sobre o trabalho de revitalização e transplante das espécies para o resultado das melhorias.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias