Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 29 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
PMMC COVID VERDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Bens - patrimônio

29 SET 2020 - 05h00

A Justiça Eleitoral de Suzano exige que os candidatos a prefeito façam a declaração de seus bens.
Na edição de domingo, o DS trouxe reportagem mostrando os valores dos candidatos de Suzano.
Com acesso à internet, o cidadão pode verificar várias informações dos candidatos em tempos de eleição. Uma das plataformas que permite esse acesso direto aos dados é o sistema DivulgaCandContas (Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais).
O sistema é disponibilizado pelo próprio TSE e traz informações específicas para cada candidato individualmente.
Uma das informações disponibilizadas nessa plataforma é justamente a declaração de patrimônio de cada candidato.
A reportagem do DS mostrou que a soma dos bens dos candidatos a prefeito de Suzano chega a R$ 4,1 milhões. 
As informações são da Justiça Eleitoral. A reportagem mostrou que Jorginho Romanos(DEM) é o candidato com maior patrimônio. 
Ele declarou R$ 2.658.902,07 referente a contas correntes bancárias, terreno e participação em uma empresa.
O prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) declarou valor de bens de R$ 872.432,10 referente à casa, terrenos e conta corrente.
O candidato Israel Lacerda tem patrimônio de R$152.900,16 - referente a dois apartamentos.
O candidato do PT, Derli Dourado, declarou à Justiça Eleitoral bens no valor de R$ 480 mil. Valores de casa, veículos e terreno.
Os candidatos Rodrigo Assis (PC do B) e Lisandro Frederico (Avante) aparecem no site do TSE sem registro de bens.
Sábado (26), foi o último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem à Justiça Eleitoral, até as 19h, o requerimento de registro de seus candidatos. 
Para ser candidato, a Constituição Federal exige do cidadão a nacionalidade brasileira, o pleno exercício dos direitos políticos, o alistamento eleitoral, o domicílio eleitoral na respectiva circunscrição, a filiação partidária – portanto, as candidaturas avulsas estão proibidas – e a idade mínima fixada para o cargo eletivo almejado.
É importante que o processo eleitoral seja transparente e que a população possa acompanhar.
A divulgação dos valores dos bens é importante para mostrar o quanto patrimônio cada candidato possui.
Os bens são definidos como coisas ou objetos que possuem utilidade e servem para atender uma necessidade humana, eles podem ser trocados ou vendidos numa relação jurídica por causa de seu valor econômico ou pelo interesse que desperta. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias