Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 15 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/07/2019
PMMC AGASALHO
PMMC INVERNO
CENTERPLEX HOMEM ARANHA 11 A 17/07/2019

Castração de animais

21 JAN 2019 - 23h59
Uma boa parte dos animais não consegue um lar, ficando pelas ruas, procriando indesejadamente, com sede, fome, sem abrigo, doentes, correndo riscos de atropelamento, maus tratos, e alguns deles são utilizados em experiências em laboratórios, faculdades, hospitais sofrendo como cobaias.
A única e eficaz maneira de não permitir que isso aconteça é castrando o animal.
Castração não é uma forma de mutilar e sim de prevenir algumas doenças graves e evitar o abandono de filhotes impedindo as ninhadas indesejadas, praticando assim, a posse responsável, conforme explicam especialistas.
Após a castração os animas tendem a ficar mais tranquilos, podendo ganhar peso, por isso a importância de alimentação balanceada e o estímulo de atividade física, com brincadeiras e caminhada, conforme afirmam especialistas.
Na semana passada, o DS trouxe reportagem mostrando que o Departamento de Controle de Zoonoses e a Secretaria de Meio Ambiente de Suzano realizaram cerca de 650 procedimentos para castração de cães e gatos no município em 2018. A primeira fase da campanha, que vai até fevereiro, poderá beneficiar mais de 1,5 mil animais de estimação.
Os mutirões de castração tiveram início em agosto do ano passado e foram realizadas cinco edições até dezembro. Nas ocasiões, os donos de cães e gatos que se cadastraram na Prefeitura de Suzano foram chamados para o procedimento. A duração média de cada atendimento é de uma hora e meia, entre a triagem e a liberação do animal já castrado.
No total, 428 cães e 218 gatos passaram pelo procedimento de esterilização totalmente gratuito, promovido pela administração municipal. A primeira etapa da campanha de castração ainda está em vigência e contará com mais oito eventos até o final do mês que vem. A expectativa é de que mais de 1,5 mil cães e gatos venham a ser beneficiados.
A partir do mês de março, será realizada uma nova etapa da campanha de castração, com expectativa de promover de 1,2 mil a 1,5 mil procedimentos. A novidade será o novo “castra-móvel”, uma unidade volante que permitirá mais facilidade no atendimento.
Não há dúvida de que o trabalho de castração é fundamental para a estratégia de bem-estar animal do município. 
Especialistas afirmam que este é um dos métodos mais eficientes para controle populacional que reflete a médio e longo prazo no número de animais abandonados.
É importante que as pessoas se conscientizem que a reprodução animal não é uma decisão a ser tomada por impulso.
É preciso ter em mente que o animal é um ser vivo; e, como tal, tem sentimentos e, assim como nós, sente fome, frio, medo, dor, saudades e sabe retribuir carinho, dizem especialistas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias