Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 15 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Condemat

02 JAN 2020 - 23h59
Conforme o próprio site da entidade, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), é um “porta-voz” do Alto Tietê e tem sua atuação pautada na busca de soluções e melhorias para as cidades da região, assim como no fomento e consolidação das políticas públicas intermunicipais. 
A missão do Condemat é defender os interesses políticos, administrativos, econômicos e sociais e promover o bem-estar de um conglomerado urbano que hoje reúne aproximadamente três milhões de habitantes. Com a união dos municípios, mais relevantes se tornam os projetos de âmbito regional no contexto estadual e nacional, a partir de uma agenda prioritária. Ao longo da sua existência, o Condemat tem se consolidado em importante ferramenta de gestão pública intermunicipal e de planejamento e cooperação regional. Uma atuação que possibilita avançar para o desenvolvimento sustentável nas 12 cidades do Alto Tietê.
Ontem, a nova diretoria do consórcio tomou posse sob a presidência do prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB). Há uma grande expectativa por este novo ano que começa. As revindicações são muitas.
Será preciso entregar uma nova pauta de reivindicações ao governo do Estado.
Só para se ter uma ideia da importância do Condemat, o órgão representa uma região formada por 12 municípios, onde vivem cerca de 3 milhões de habitantes, o orçamento anual ultrapassa R$ 10 bilhões e a produção de riquezas é superior a de muitos estados brasileiros. Faz parte da Região Metropolitana de São Paulo e possui extensa área de cobertura vegetal, além de mananciais importantes – como o rio Tietê, que nasce em Salesópolis -, o que a torna uma das principais produtoras de água do Estado. 
O Alto Tietê se destaca pela economia diversificada. Na agricultura, o “Cinturão Verde” é responsável pelo abastecimento da Capital e de várias outras regiões do Brasil, com liderança na produção nacional de frutas, com destaque para o caqui e a nêspera, além de cogumelos e flores (orquídeas). É importante que o Condemat, neste novo ano, continue sendo forte para representar as cidades da região na busca por solução de problemas comuns. O comércio é amplo, diverso e registra crescimento acentuado nos últimos anos, sendo que as cidades de Guarulhos e Mogi das Cruzes estão entre os 100 municípios brasileiros com maior potencial de consumo,por exemplo.
Conforme o próprio DS jánoticiou, o PIB das cidades do Condemat soma R$ 107,2 bilhões ((IBGE 2018), com participação predominante dos setores de serviços (72,4%) e indústria (25,8%). Daí mostra a importância econômica da região para o Estado de São Paulo.
A região abrangida pelo Condemat representa 5,11% do PIB do Estado de São Paulo e 1,5% do PIB Nacional. Três das 12 cidades do Alto Tietê estão no ranking das 100 maiores economias do Brasil: Guarulhos; Mogi das Cruzes e Suzano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias