Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 19 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2021
PMMC REDESCUBRA MOGI
ManArc
CREA-SP
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II

Ashiuchi recepciona treinador e atletas paralímpicos que vão a Tóquio

Comissão vai disputar a Paralimpíada no próximo mês

Por De Suzano30 JUL 2021 - 22h23
Jogadores foram recebidos pelo prefeito na manhã desta sextaFoto: Irineu Junior/Secop Suzano
O prefeito Rodrigo Ashiuchi recebeu nesta sexta-feira (30) representantes de Suzano que participarão dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em agosto. Eles participaram de um café da manhã no Gabinete Principal do Paço Municipal, juntamente com a presidente do Fundo Social de Solidariedade, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, e o secretário municipal de Esportes e Lazer, Arnaldo Marin Junior. 
 
Estiveram presentes seis membros do Sesi/Suzano que competirão na Paralimpíada: Evelyn Oliveira, da bocha; Daniel Yoshizawa, Nathalie Filomena, Edwarda Oliveira e Laiana Rodrigues, do voleibol sentado; e o técnico da seleção masculina de voleibol sentado, Célio Mediato.
 
Durante o encontro, o chefe do Executivo deixou seus votos de confiança e exaltou as trajetórias dos atletas e o orgulho que sente de ter representantes do município sendo convocados para disputar os Jogos Paralímpicos. “Somos uma cidade muito tradicional no esporte, em especial no vôlei, o que faz dessa ocasião um motivo de muita alegria para nós, não apenas por Suzano ser representada em um evento tão importante, mas também pela felicidade em conhecer os feitos das vidas e carreiras de atletas fantásticos”, disse.
 
Marin Junior destacou a alegria que é ver suzanenses brilhando no esporte nacional e internacional. “Saber que esses esportistas disputarão mais uma Paralimpíada representa muito para nós, porque mostra os resultados do trabalho feito por todas as partes. A expectativa é grande e estaremos na torcida por cada um deles, para que voltem do Japão com mais uma medalha no peito”, disse o secretário, lembrando do bronze do vôlei sentado feminino e do ouro de Evelyn Oliveira, na bocha, na Paralimpíada do Rio de Janeiro, em 2016.
 
Um dos destaques da delegação que representará o País no Japão é o comandante Célio Mediato, de 54 anos. Ex-atleta do vôlei de Suzano que atua como técnico no Sesi, ele foi escolhido pela Confederação Brasileira de Vôlei Sentado (CBVD) para ser o treinador da equipe que busca o primeiro ouro paralímpico da história da categoria no Brasil.
 
Mediato, que é servidor público municipal e morador da cidade, leva sua experiência no voleibol convencional para a versão adaptada há mais de dez anos e é referência na categoria.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias