Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 27 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/11/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MULTI 2020 NOV
Esportes

Nilo Guimarães deixa a presidência da Liga Nacional de Basquete

Lula Ferreira, dirigente do Sesi Franca Basquete, assume como presidente interino até dezembro desse ano

Por de Mogi29 OUT 2020 - 11h52
Nilo Guimarães deixa a presidência da Liga Nacional de BasqueteFoto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

O atual secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura de Mogi das Cruzes e também gestor do Mogi das Cruzes Basquete, Nilo Guimarães, comunicou o seu afastamento da presidência da Liga Nacional de Basquete (LNB), que comandava desde janeiro deste ano, em reunião do Conselho Administrativo da entidade nessa terça-feira (28). Lula Ferreira, dirigente do Sesi Franca Basquete, assumiu como presidente interino até dezembro desse ano, quando será realizada nova eleição para o biênio 2021-2023.

O afastamento de Nilo Guimarães da presidência ocorreu para não impedir que a entidade desenvolva novos projetos via Lei de Incentivo ao Esporte para esta temporada, já que ele ocupa um cargo público em Mogi e isso poderia obstruir a captação de recursos públicos. Durante a presidência, Nilo liderou a LNB em um dos momentos mais desafiadores do esporte mundial, em razão da pandemia do Covid-19.

 “Foi um ano muito interessante. Tive uma experiência fantástica, sendo presidente da Liga Nacional. Agradeço eternamente por essa oportunidade. Conviver com os melhores dirigentes do Brasil, enriquece muito a minha vivência esportiva. Apesar de ter que me afastar por conta da legislação, continuo com a minha participação no Conselho de Administração. O que vale é nossa modalidade estar fortalecida”, ressalta o Nilo.

História

Nilo Guimarães é mogiano e foi um dos grandes armadores do basquete brasileiro. Defendendo a seleção, o ex-jogador participou de diversas competições nacionais e internacionais, sendo bicampeão Sul-Americano (1983 a 1985) e medalha de prata no Pan-Americano de 1983.

Depois de encerrar a carreira como jogador, Nilo tornou-se treinador e comandou o Mogi Basquete no final dos anos 90. Em 2009, assumiu a Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi, sendo um dos grandes responsáveis pela retomada da equipe de basquete no cenário nacional.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias