Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 18 de janeiro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/01/2020
CENTERPLEX 16 A 22/01
CENTRO MÉDICO

Usac estreia na Copinha contra o São Raimundo-RR nesta sexta-feira

Times do Grupo 22 tiveram documentação aprovada nesta quinta-feira, 2, pela Federação Paulista de Futebol (FPF)

Por Marcus Pontes - de Suzano02 JAN 2020 - 12h04
Quatro clubes do Grupo 22 receberam nesta quinta-feira, 2, as credenciais do torneio. A Federação Paulista de Futebol (FPF) não registrou problemas quanto à documentação de atletas e dirigentesFoto: Maurício Sordilli / Secop Suzano

O União Suzano Atlético Clube (Usac) terá um duro adversário na estreia da Copa São Paulo de Juniores. O time suzanense vai encarar o atual campeão sub-17 do Campeonato Roraimense, o São Raimundo. A partida está marcada para ocorrer nesta sexta-feira, 3, às 13 horas, no Estádio Municipal Francisco Marques Figueira, o Suzanão. O estádio também recebe, às 15h15, a disputa entre Chapecoense e União ABC-MS. A entrada é gratuita.

Segundo o presidente e diretor do Usac, João de Oliveira, o Baleia, a expectativa é de vitória na estreia. O cartola suzanense pontuou que os atletas estão concentrados para o confronto, já que um bom resultado pode propiciar a classificação no torneio. "Todos estão focados. Sabem da importância da competição, por isto, a gente espera sair vitoriosos da primeira fase".

Para chegar à vitória, porém, o Usac vai ter de quebrar a boa fase do São Raimundo-RR. O time local terá como principal trunfo o cansaço do atual campeão sub-17 roraimense. Os atletas e comissão técnica chegaram esta semana no município suzanense, depois de enfrentar uma viagem de 1 mil quilômetros, uma vez que estavam em Goiânia.  

Apesar de ter apenas um dia de descanso, o treinador do São Raimundo-RR, Beto Vieira, falou que os atletas vão buscar a vitória. Ele acrescentou a dificuldade na estreia, já que vão enfrentar o time local. "Procuramos saber sobre a equipe. Temos trabalhado bastante ao longo do atual. Acreditamos na fisiologia dos atletas, que não vão se afetar tanto, mas não será esse fator (cansaço) que nos prejudicará", afirmou o técnico. 

Chape e União ABC

Logo após a partida entre Usac e São Raimundo-RR, o Suzanão recebe o confronto entre Chapecoense e União ABC-MS. Segundo dirigentes dos dois clubes, a expectativa é de uma boa partida. "Viemos de um trabalho, com amistosos contra clubes profissionais do Sul, Paraná etc. Tivemos pouco material dos adversários, mas temos uma equipe com pouca idade e bastante experiência. Queremos passar em várias fases", disse o diretor das categoria de base da Chapecoense, Adilson Luiz Kucharski, o Dico.

Já o presidente do União ABC-MS, Fábio Henrique Vicente da Silva, o Fabinho, acredita que o Grupo 22 está equilibrado. Disse ainda que a equipe tem trabalhado a parte emocional. E relembrou sobre o feito do time em 2016. "Estamos confiantes na classificação e bons jogos. Vamos buscar a vitória sempre". 

Cerimônia

Os quatro clubes do Grupo 22 receberam nesta quinta-feira, 2, as credenciais do torneio. A Federação Paulista de Futebol (FPF) não registrou problemas quanto à documentação de atletas e dirigentes.

O evento de conferência teve a abertura do prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), além da presença do secretário de Esportes e Lazer da cidade, Arnaldo Marin Junior, o Nardinho, o diretor de desportos de Suzano, José Serafim da Silva e diretores da federação paulista e dirigentes dos clubes participantes.

"Depois de seis anos, a cidade volta a ser sede da Copa, que é uma vitrine. Estou feliz deste retorno. A cidade será bem representada. Nos preparamos para receber o torneio", comentou Ashiuchi, que acrescentou dizendo sobre os investimentos realizados no Suzanão: "A Prefeitura investiu cerca de R$ 300 mil. Os demais recursos partiram da iniciativa privada. Nosso objetivo é de dar grande impressão, para que, em 2021, possamos ter novamente a competição na cidade". 

Já Nardinho relembrou atletas consagrados do país, que tiveram participação no torneio, em especial na cidade. São os casos dos atacantes Alexandre Pato, Diego Tardelli e Robinho. O secretário também comentou sobre a importância em receber a competição na cidade. "O carinho é especial, porque buscávamos isso (retorno) há anos".

 

 

 

 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias