Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 16 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/09/2021
CREA-SP
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
ManArc
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Esportes

Vôlei: Brasil vence Quênia e pega o Comitê Russo nas quartas em Tóquio

Invictas na Olimpíada, brasileiras ficaram na 1ª posição do Grupo A

Por Rafael Monteiro - da Rádio Nacional02 AGO 2021 - 12h34
Brasil vence Quênia e pega o Comitê Russo nas quartas em TóquioFoto: Valentyn Ogirenko/Divulgação

Invicta na Olimpíada, a seleção brasileira de vôlei feminino venceu nesta segunda-feira (2) o Quênia por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/16 e 25/8. A partida foi realizada na Arena de Ariake, na capital Tóquio. Com o triunfo, as brasileiras encerraram a fase de grupos na primeira posição do Grupo A e, consequentemente, avançaram às quartas de final.

Na próxima fase, as brasileiras vão enfrentar o Comitê Olímpico Russo na quarta-feira (4), em horário a ser definido.

A vitória das brasileiras contra as quenianas aconteceu sem sustos. Logo no início do jogo, o Brasil já abriu cinco pontos de vantagem (7 a 2). Na sequência, a distância ficou ainda maior, com o placar de 13 a 4. A superioridade das brasileiras foi até o final do set, que encerrou com 25 a 10 no marcador.

No segundo set, o Brasil manteve o ritmo, entretanto a seleção do Quênia chegou a ficar na frente do placar (2 a 1). Mas foi por pouco tempo, já que as comandadas pelo técnico José Roberto Guimarães viraram a partida e abriram vantagem de sete pontos (16 a 9). A segunda parcial encerrou com vitória de 25 a 16.

O terceiro e último set foi decidido com vantagem ainda maior em relação aos dois primeiros. O Brasil rapidamente conseguiu diferença elástica no marcador (11 a 3). Daí em diante, as brasileiras continuaram aumentando a vantagem, encerrando o jogo em 25 a 8.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias