Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sábado 25 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/11/2017
mrv

Lance livre - 05/04/15

05 ABR 2015 - 08h00

Instituto  de Pesquisas

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) lançou um manual com dicas sobre captação de água da chuva para o cidadão comum.



Cartilha

A cartilha contempla todas as etapas, da captação à utilização da água de chuva, e oferece à população orientações para melhorar a qualidade dessa água, apresentando as boas práticas para a sua captação, armazenamento e utilização doméstica.

Material lançado

O material, lançado em comemoração ao Dia Mundial da Água, no dia 22 de março, é direcionado às famílias que vivem situações emergenciais e dissemina uma técnica relativamente simples, mas que respeita os requisitos que garantem o funcionamento do sistema e, principalmente, assegura a qualidade da água coletada.

Precatórios

Com o prazo de pagamento dos precatórios reduzido para cinco anos pelo Supremo Tribunal Federal de (STF), os municípios devem ficar atentos para o risco de sofrer com ações de intervenção, caso não quitem as dívidas ao final do prazo estipulado.

Prazos

Anteriormente à decisão, os governos estaduais e municipais tinham o prazo de 10 anos para saudar suas contas.

STF

A decisão de reduzir em cinco anos foi proferida na semana passada pelo STF e gera desconforto para os Executivos, pois com o prazo menor, as contas terão de serem revistas de forma a cumprir com o prazo e evitar transtornos como o sequestro de valores, bem como a retenção de transferências da União.

Dívidas no Alto Tietê

Há duas semanas, o DS noticiou que a soma das dívidas públicas dos dez municípios que compõem o Alto Tietê ultrapassa os R$ 150 milhões. Entre eles, Itaquaquecetuba é o que está mais endividado com mais de R$ 78,2 milhões.

O único fora da lista

Biritiba-Mirim é o único município que não foi listado nas contas do Tribunal e Salesópolis é o que menos deve precatório, com R$ 286.745,31.

2ª menor dívida

A segunda menor dívida é a de Mogi das Cruzes, com R$ 369.558,04. Embora a Secretaria de Finanças do município informar que está com as contas em dia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias