Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Lance Livre

05 JUN 2015 - 08h00
Segundo turno e as estratégias

Com a confirmação da possibilidade de um segundo turno nas eleições municipais, em Suzano, no ano que vem, as estratégias políticas de campanha vão ter de mudar.

Tendência  de acordos

Os partidos já sabem dessa possibilidade e devem fazer contas e seguir tendência de fechar apoios com outros partidos mais identificados com suas ideologias.

Dois pré-candidatos

Dois pré-candidatos ouvidos, esta semana pela Coluna Lance Livre, que pediram para não serem identificados, adiantaram que pretendem levar adiante suas candidaturas. Os políticos ouvidos garantiram: não vão querer ser vices em outras chapas.

No mínimo 5

Sendo assim, a grande possibilidade de Suzano ter mais de 5 candidatos a prefeito em 2016 aumenta.

Redes sociais

As redes sociais vão continuar sendo um importante instrumento nas campanhas.

Em evidência

Aliás, esse ‘meio de comunicação’ já começou a entrar em evidências com debates acalorados de partidários dos pretensos candidatos.

Banco de Remédios

O Estado de São Paulo poderá ter um Banco de Remédio. É o que prevê projeto do 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Enio Tatto (PT). Segundo ele, o objetivo do banco é formar estoque proveniente de doações de pessoas físicas e jurídica e deve funcionar em local apropriado.

Formação de estoques

A formação dos estoques, classificação, verificação do conteúdo e do prazo de validade, de acordo com o projeto, deverão ser desempenhados por profissionais das áreas médica ou farmacêutica do quadro da Secretaria Estadual de Saúde. Os medicamentos doados deverão ser controlados por meio de seus nomes genéricos (substância ativa).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias