Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv

Lance Livre

16 JUL 2015 - 08h00

De olho nas eleições

Alguns partidos de Suzano já estão se reunindo para definir quais serão as estratégias para as eleições do próximo ano.

Disputa no PT

O Partido dos Trabalhadores (PT) é um dos que já listam nomes para o próximo pleito. A coluna Lance Livre foi informada que, na noite da última segunda-feira, foi realizada uma reunião fechada que contou com a participação dos vereadores do partido, da bancada e do ex-prefeito Marcelo Candido, um dos nomes cotados para participar da disputa eleitoral do próximo ano. O encontro aconteceu na sede do partido em Suzano.

Escolha do vice

Especula-se que caso seja realmente confirmado Candido como pré-candidato do PT, o empresário e presidente estadual e do diretório municipal do PSL, Rodrigo Ashiuchi, pode fazer parte da chapa como vice-prefeito.

Candidato a prefeito

Apesar das fortes especulações de que Ashiuchi seja pré-candidato a vice-prefeito, ele já afirmou para a coluna que quer encabeçar a chapa para disputar as eleições.

Crise hídrica na região

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) encaminhou explicações sobre a crise hídrica do Estado. Em nota enviada à coluna, a companhia informou que entre 1995 e 2014 foram investidos R$ 10,9 bilhões no aumento da produção de água.

Investimentos

Segundo a Sabesp, na Grande São Paulo, incluindo as cidades da região, esses investimentos resultaram em aumento de capacidade de produção de água de 57,6 para 73,2 m³/s. “Um exemplo desse trabalho de planejamento é que o novo Sistema Produtor São Lourenço, a maior obra hidrográfica do País, já vinha sendo planejado bem antes da atual crise hídrica”, explicou em nota.

Queda no volume

O DS publicou, nesta semana, que o volume de água acumulada nas represas da região caiu cerca de 54% em cinco anos, sendo que a diminuição mais brusca foi nos últimos dois anos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias