Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 13 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/04/2021
Magic City
São Paulo Secretaria da Educação
GrupoIndy
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CENTRO MÉDICO

Com colapso em hospitais, região tem 8 obras de saúde paralisadas

Levantamento do TCE aponta que sete obras são de Itaquá

Por Daniel Marques - da Região07 MAR 2021 - 16h00
Hospital Regional de Ferraz foi uma das unidades da região que entrou em colapso nesta semanaFoto: Arquivo/DS
Hospitais do Alto Tietê entraram em colapso nos últimos dias, enquanto outros estão próximos de viverem essa situação. Mesmo assim, um levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) aponta que pelo menos oito obras da área da saúde da região ainda não foram entregues por duas prefeituras. Delas, sete são de Itaquaquecetuba.
 
Quase todas as obras são de Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Seis delas estão localizadas em Itaquá e uma outra em Ferraz de Vasconcelos. Além disso, a construção de um centro para idosos em Itaquá também está paralisada.
 
Somando todos os contratos do Alto Tietê disponíveis no Painel de Obras Atrasadas ou Paralisadas, o valor é de R$ 6,52 milhões. O balanço do TCE aponta que em todo o Estado são 111 obras nesta mesma situação. O valor contratado ultrapassa os R$ 210 milhões de recursos próprios, estaduais e federais.
 
As informações são referentes ao quarto trimestre do ano passado, com base em 14 de janeiro deste ano. Na época, Itaquá tinha como prefeito o médico Mamoru Nakashima, enquanto Ferraz era governada pelo ex-prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta.
 
Em nota, a Prefeitura de Ferraz disse que as obras já foram retomadas. Trata-se da UBS Jardim TV, que está cercada por tapumes. Segundo a Prefeitura, as obras estão "a todo o vapor".
 
Em Itaquá, além da construção do centro para idosos, há cinco UBSs sendo construídas. São elas: UBS Jardim Zélia, UBS Jardim Horto do Ipê, UBS Jardim Fortuna, UBS Jardim Napoli e UBS Residencial Scaffid. 
 
A cidade tem ainda a reforma da UBS Jardim Paineira, que a exemplo das outras, segundo o TCE, está paralisada no momento.
 
Assim como fez com Ferraz, o DS também questionou a Prefeitura de Itaquá sobre as unidades paralisadas. No entanto, até o fechamento da reportagem, não obteve retorno.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias