Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 19 de abril de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2019
PMMC TAMPINHA SOLIDÁRIA
Pmmc
CENTERPLEX 18 A 25/04

Atendimento no PS

05 FEV 2019 - 23h59
O DS publicou, na semana passada, números do atendimento no Pronto-Socorro (PS) de Suzano.
Os números bateram recorde com média de 20 mil atendimentos por mês, durante o ano de 2018.
Em todo o País, a real função do Pronto Socorro de um hospital, como o próprio nome diz, é atender pacientes que estejam em estado de urgência ou emergência. Mas, em Suzano, os casos menos complexos são atendidos também.
Nas unidades do PS, geralmente, os atendimentos preferenciais são para pessoas que correm risco eminente de vida, como acidentados, suspeita de infartos, derrames, apendicite, pneumonia, fraturas, entre outras complicações. Essa informação é o caminho correto para o bom atendimento, uma vez que a cada dez pessoas que procuram o serviço, em média, seis não são casos de urgência, segundo especialistas.
Em geral, esses casos poderiam ser atendidos com hora marcada, em consultórios e postos de saúde. E esses mesmos casos são responsáveis pelo aumento do tempo de espera causado aos que necessitam ser atendidos com urgência, uma vez que ocasos mais graves demandam mais tempo da equipe de atendimento.
Em Suzano, conforme reportagem do DS, na semana passada, a média de atendimentos tem aumentado muito nos últimos anos. Em 2016, o PS atendia cerca de 10 mil pessoas, em 2017 o número aumentou para 17 mil e no ano passado alcançou a marca de 20 mil pacientes por mês. Acredito que a qualidade no atendimento seja a responsável pelo aumento na procura.
A ausência dos serviços de pediatria em alguns municípios vizinhos também colaboraram para o número expressivo. 
O PS de Suzano não pode deixar de atender os pacientes dos outros municípios. 
Atualmente, cerca de 30% de nossos atendimentos são direcionados a pessoas que não são de Suzano, principalmente na área pediátrica.
A reportagem mostrou também que o Pronto-Socorro conta com um quadro completo de médicos. A unidade oferece três pediatras, dois clínicos, dois cirurgiões e um médico para emergências diariamente.
O Pronto-Socorro possui dois tipos de profissionais, os médicos concursados e os terceirizados.
É importante que o serviço seja, cada vez mais, aprimorado para garantir um atendimento digno aos pacientes. Afinal a saúde é um serviço essencial e não pode esperar. 
É preciso criar formas de garantir que o atendimento aconteça de forma eficaz.
Milhares de vidas são salvas a cada ano pelo atendimento médico de urgência. Os avanços da saúde são significativos, mas ainda podem melhorar. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias