Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 27 de maio de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2020
DIARIO DE SUZANO SOLIDÁRIO
PMMC RETOMADA

Dengue dispara

10 MAR 2020 - 23h59
Enquanto a preocupação com o coronavírus é grande em todo o mundo, no Brasil os casos de dengue ficaram para segundo plano. Por conta disto, os casos disparam.
Só para se ter uma ideia, o Estado de São Paulo registrou 31.091 casos prováveis de dengue nas primeiras cinco semanas epidemiológicas de 2020, encerradas em 1º de fevereiro, conforme dados do Ministério da Saúde.
Os dados do Alto Tietê também foram passados, nesta semana, pela Câmara Técnica de Saúde do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).
Em dados estaduais, no mesmo período do ano passado, o Estado de São Paulo registrou 17.004 relatos, um aumento de 82%. 
O Estado lidera o número absoluto de registros no País, com um terço dos 94.149 casos prováveis da doença já relatados. E a expectativa é de piora no quadro até abril.
A dengue é uma doença febril aguda causada por vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. 
Muitas vezes, os sintomas do tipo mais leve da doença são confundidos com a gripe, enquanto sua forma mais grave, a dengue hemorrágica, pode levar à morte.
A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais.
Atualmente, a vacina é a melhor forma de prevenção da dengue, pois cerca de 20 mil pessoas morrem anualmente por conta da doença de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Em todo o Estado, o número de casos teve um grande crescimento a partir da segunda quinzena de janeiro e já caracteriza epidemia. 
Houve um aumento na infestação do Aedes (mosquito transmissor) e a situação deve piorar. 
Há riscos de uma progressão de casos ainda maior, por isso a preocupação.
Pelo jeito, o mosquito saiu do controle. O tipo 2 começou a circular no ano passado e agora está muito espalhado, segundo especialistas. 
Os temporais que atingiram o interior e o calor intenso dos últimos dias contribuem para a proliferação do mosquito. 
O Alto Tietê também sofre com o mesmo problema.
A doença se expande principalmente nas regiões norte e oeste, além do Vale do Paraíba. 
É preciso sim combater o coronavírus, mas, ao mesmo tempo, não tentar se esquecer da dengue que é uma doença tão grave quanto as demais respiratórias.
Novos investimentos, novas orientações e campanhas precisam ser retomadas também.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias