Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 24 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/06/2021
EDP SEGURANÇA

Atos Oficiais 10-06-2021

Por Edgar Leite10 JUN 2021 - 05h00

Aniversário Ashiuchi
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), completou mais um ano de vida ontem e recebeu os parabéns de diversos amigos, familiares e políticos da cidade e da região.
 
Mensagem
Ashiuchi postou mensagem nas redes sociais para agradecer por mais uma ano de vida. “Hoje completo mais um ano de vida e só tenho que agradecer a Deus por tudo! Obrigado também a todos vocês que me acompanham aqui e que tanto me incentivam”, disse.
 
Morte de servidora
O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Podemos), lamentou ontem a morte da servidora pública Ana Paula Santos. Ela era diretora da escola municipal CEIM Lourdes Guerra de Campos e há 26 anos era funcionária da Prefeitura. Ela faleceu aos 51 anos por causa da Covid-19.
 
Agente escolar
O prefeito de Mogi também lamentou o falecimento da agente escolar Eliana de Oliveira Berthão, da EM Prof. Sérgio Hugo Pinheiro e do Alexandre Araújo da Silva, Auxiliar de Desenvolvimento da Educação da EM Rural Bairro São João. “Grandes profissionais, que sempre se dedicaram à educação das crianças da nossa cidade, ainda mais neste momento, em que ainda não haviam retornado presencialmente as aulas em suas unidades”, disse.
 
Paralisação das aulas
Levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) mostra que a paralisação das atividades presenciais na rede municipal de ensino atingiu 607 municípios no mês de abril, o que representa 94,25% do total, com exceção da Capital.
 
644
Das 644 Prefeituras fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), 529 (82,14%) decidiram interromper totalmente as aulas in loco e 78 (12,11%) optaram pela paralisação parcial. Em apenas 37 (5,75%) municípios não houve suspensão como tentativa de conter a pandemia. 
 
99,53%
Apesar das paralisações, 641 (99,53%) administrações paulistas afirmaram ter adotado medidas alternativas para substituir as aulas presenciais. Para dar continuidade ao aprendizado dos estudantes, 44,73% adotaram como opção material impresso e 35,17% passaram a ministrar as aulas de forma on-line. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias