Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 11 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2019

Lance Livre 29-11-2019

Por Edgar Leite28 NOV 2019 - 23h59
TCE
O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) lançou ontem o Painel de Resíduos Sólidos’ – plataforma virtual que traz um estudo e mapeamento do tratamento dos resíduos sólidos em todos os municípios paulistas (exceto a Capital). A interface pode ser acessada por meio do link www.tce.sp.gov.br/residuos.
 
Ferramenta
A ferramenta, desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), permitirá que o interessado tenha acesso a dados, na forma de gráficos e mapa, sobre a gestão dos resíduos sólidos em cada uma das 644 cidades do interior, litoral e da Região Metropolitana de São Paulo.
 
Plataforma
A plataforma tem um campo que permite realizar buscas segmentadas por cidades. Compatível com tablets e smartphones, a plataforma trará informações sobre os locais de descarte, tipo de unidades de destinação utilizadas (aterro sanitário, bota-fora, ecopontos, resíduos de saúde, aterro industrial ou lixão a céu aberto).
 
Painel
O Painel, com base nas respostas dos municípios ao questionário formulado pelo TCE em setembro deste ano, foi apresentado ao público pelo presidente do TCE, Conselheiro Antonio Roque Citadini, durante a realização do ‘Seminário Semear’, que nesta edição terá como tema ‘Resíduos Sólidos: o lixo gerando oportunidades’.
 
Cumprimento 
Para elaborar a ferramenta, foram levados em consideração o cumprimento da legislação, a existência de locais apropriados e infraestrutura para armazenagem dos resíduos, processos de triagem, descarte e seletividade de materiais, bem como a presença de políticas públicas para a área de Educação Ambiental.
 
Bertaiolli
O deputado federal Marco Bertaiolli está convidando as entidades representativas de todos os segmentos de Mogi das Cruzes para uma reunião hoje, às 14h30, na Câmara Municipal de Mogi das Cruzes. O objetivo é organizar o movimento contra o pedágio na Mogi-Dutra, com a participação de toda a cidade. Após a reunião será assinada uma Carta Aberta ao governador João Doria, demonstrando a indignação de todos com relação projeto proposto pela Artesp.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias