Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 13 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/07/2020
PMMC VACINAÇÃO
PMMC REALIZAÇOES JULHO

Estado vai reavaliar quarentena no Alto Tietê e ‘abertura’ é esperada para dia 4

Expectativa é de que a Região possa avançar para a fase laranja, com início da flexibilização, na próxima semana

Por da Região29 MAI 2020 - 05h00
O Alto Tietê está incluído no grupo de regiões que passará pela primeira reavaliação de enquadramento do Plano de Retomada Consciente na próxima semana, conforme garantiu o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, em reunião na tarde de ontem com os prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), Adriano Leite e Rodrigo Ashiuchi. A expectativa é de que a Região avance para a fase laranja, com a flexibilização parcial das atividades econômicas a partir de quinta-feira, dia 4 de junho.
 
“Temos a certeza de que a nossa Região atende aos critérios e, de forma consciente, pode sim avançar para a fase dois já na próxima semana, sem riscos para a saúde da população”, afirmou o presidente do Condemat, prefeito Adriano Leite.
Além do pedido oficial de reclassificação de fase, o Condemat solicitou que os indicadores do Alto Tietê sejam avaliados separadamente da Capital e das outras regiões da Grande São Paulo para permitir uma condução mais justa das fases da Retomada Consciente.
 
“O secretário adiantou que o Estado está trabalhando internamente para separar as regiões de saúde dentro da Grande São Paulo e isso é fundamental para identificar onde estão os gargalos e o que cada região precisa fazer para a mudança de fases. No Alto Tietê, as taxas de mortalidade e de isolamento social são melhores do que as da Capital e também trabalhamos com o Estado para que o número de leitos na Região seja ampliado a curto prazo”, disse o presidente.
 
O Condemat é formado por 12 cidades, sendo 11 delas dentro da Grande São Paulo – Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, representando um universo de mais de três milhões de habitantes, o maior contingente populacional depois da Capital. O 12º município, que é Santa Branca, fica no Vale do Paraíba.
 
No primeiro anúncio feito pelo Estado, ontem, apenas a Capital foi autorizada a iniciar a flexibilização da quarentena a partir de segunda-feira. O Alto Tietê ficou na primeira fase - vermelha, com a permanência das restrições atuais. A mudança para a segunda fase, que é a laranja e considerada de controle, é essencial para que lojas de rua e os shoppings centers possam reabrir com algumas restrições de público, assim como escritórios, imobiliárias e concessionárias.
 
“Nosso objetivo é abrir o comércio de forma consciente, com uso de máscara, álcool em gel e outros cuidados de saúde para que possamos, a partir de quinta-feira, retomar a economia nas cidades do Alto Tietê, concluiu o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi.
 


Fotos: Paulo Pavione/Secop Suzano

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias